quinta-feira, 12 de setembro de 2013

A televisão está melhor que o cinema?

Se tem uma coisa que eu estou ouvindo bastante das pessoas é que a televisão está melhor que o cinema. As pessoas estão vendo mais séries do que filmes e estão baixando e acompanhando mais episódios do que indo ao cinema. A questão é, por que isto está acontecendo? A televisão está de fato melhor que o cinema?



A televisão está mais interessante que o cinema porque as histórias contadas nos seriados estão muito melhores do que as histórias contadas nos filmes. E isso acontece porque num seriado, um episódio contem cinquenta minutos, e um número de doze a vinte e dois episódios formam uma temporada, dando tempo o suficiente para contar uma história longa, com ritmo que respeite a alma da série, e que possua quantos pontos de viradas forem necessários. Não que isso não aconteça em filmes, mas a verdade é que num longa-metragem, pelo fato de ter um espaço de tempo menor, o modo de se contar uma história fica mais restrito, e não há muitas pessoas desafiando essa estrutura no mercado, criando filmes repetitivos e desinteressantes. Ou pior, tentam compensar a falta de histórias em filmes de ação com super efeitos especiais, fazendo com que esse seja o atrativo do filme ao invés da história.

Mas a verdade é que as pessoas, no geral, estão mais pacientes em acompanhar uma série de televisão do que ir ao cinema ver um filme. Elas estão aptas a viver uma experiência semanalmente por cinquenta minutos do que passar duas horas dentro de uma sala de cinema. E uma coisa que eu ando percebendo também, é que muitas pessoas estão vendo filmes como se elas estivessem vendo um seriado. Os furos nas histórias não passam despercebidos para elas, e as vezes, elas não gostam de um filme por não apresentar certas características na histórias, que talvez funcionaria num episódio de televisão, mas não funciona num longa-metragem.



A verdade é que um seriado e um filme são expressões audiovisuais totalmente diferente uma das outras, desde sua escrita a sua execução. Eu, pessoalmente, vejo os filmes como um projeto mais audiovisual, onde a magia se esconde atrás de sua execução com a câmera, e as infinitas possibilidades que se pode criar a partir dela. Já um seriado, tudo não passa de história. As histórias sempre são muito boas, mas não há nada artistico em sua direção, ou uma linguagem que se destaque exclusivamente para o audiovisual, fazendo com que não fosse possivel contar aquela história sem ser que fosse em filme. Se você parar para pensar, tudo o que acontece nos seriados poderia ser escrito, fazendo com que um seriado seja nada mais nada a menos do que um livro em imagens.

Porém, os seriados estão ficando cada vez mais bem produzidos, e os filmes estão ficando cada vez com menos histórias, fazendo com que o público procure mais os seriados do que o cinema. Há treze anos atrás, Gladiador saiu no cinema e fez um baita sucesso, ganhando até Oscar de Melhor Filme daquele ano. Hoje em dia, a série Game of Thrones não só é mais bem produzida que Gladiador, mas como também, possui uma história muito mais interessante. A mesma coisa acontece para a sequência de 300. Quando o primeiro filme foi lançado a seis anos atrás, todos ficaram abismado com os efeitos especiais e a história violenta. Hoje em dia vemos o trailer da sequencia que está para sair e a única coisa que nos perguntamos é: o que é que tem de novo? Game of Thrones é melhor. Spartacus é melhor.



As séries estão tomando conta de tudo! Quando Crepusculo saiu no cinema, True Blood e The Vampire Diaries saíram para a televisão, ficando tão grande quanto Crepusculo, com temporadas que continuam sendo renovadas até hoje. E não são só os mundos ficticios que ganham destaque. Nunca houve uma quantidade de séries tão boas passando ao mesmo tempo. Antigamente era apenas uma ou duas séries que eram muito famosas, como na época de Arquivo X, Os Sopranos, The OC, Lost, entre outros. Hoje em dia temos pelo menos de cinco a oito séries ganhadoras de Emmy's passando na televisão ao mesmo tempo, como Breaking Bad, Dexter, Homeland, e Grey's Anatomy. As séries estão ficando tão fortes, que o próprio Netflix está fazendo suas próprios seriados, como House of Cards e Arrested Development. Sem contar histórias de filmes famosos que estão agora ganhando sua versão na televisão, como Hannibal, Dracula, e Bates Motel.

Enquanto isso, há uma pequena variedade de filmes bons no cinema, sendo que muitos deles não chegam em todos os lugares porque os grandes filmes blockbusters estão ocupando os lugares de todas as salas de cinema do mundo. Isso faz com que os filmes que são denominados como "bons" são os filmes que acabam sendo indicados ao Oscar, sendo que muitos destes não são na verdade tão bons assim. E é ai que entra outro problema, que é o dinheiro. Os filmes que são realmente bons, diferentes e interessantes, muitos acabam não tendo publicidade o suficiente e acabam ficando no anonimato ou apenas entre os cinéfilos e estudantes de cinema. Enquanto isso, grandes estúdios gastam bilhões de dólares para colocar O Círculo de Fogo em todos os cinemas do mundo, fazendo com que o público fique desinteressado e vão procurar uma nova série de televisão, que também são muito caras para serem feitas, mas tem um retorno de dinheiro garantido.


Enfim. Os seriados estão realmente mais interessantes que os filmes, mas há muitos filmes interessantes por ai sim! Tente procurar mais em blogs e sites de cinema sobre os filmes que os criticos e os cinéfilos estão falando. Mas também, não deixe de ver as melhores séries da televisão. Por que, afinal, nós, que trabalhamos com audiovisual, temos que saber tudo o que está dando certo, tanto em filmes, como na televisão!

Nenhum comentário: